Postagens

Uma imagem que choca

Imagem
Esta foto tirada na Cúria da Arquidiocese do Rio de Janeiro nesse mês de outubro, nos choca. A imagem do Cristo ao fundo contrasta com os dedos imitando uma arma. As pessoas sorrindo mostra a inconsciência da mensagem evangélica e a postura querida politicamente. O que leva ‘cristãos’ fazerem isso?
Anos de ritos, festas, movimentos, orações, o que tudo isso possibilitou? A encarnação da mensagem evangélica não está somente em ritos, em doutrinas, em pertencer uma igreja. Ela está no comportamento. Por vezes, se acostuma tanto em participar da missa por tradição que não se dá conta que se deve ligar vida e Palavra de Deus. Não se dá conta que a Eucaristia não se resume apenas na hóstia consagrada. Não se dá conta que devemos ser transformados no próprio corpo de Cristo para o mundo.
O que nós vemos? Comportamentos inconsequentes, pregação de ódio em nome de Deus, preconceito, raiva, vingança. Chegando ao cúmulo de católicos apoiarem a pena de morte, do ‘bandido bom e bandido morto’,…

Superstição, pensamento positivo, efeito placebo e fé

Imagem
É um desafio falar desses quatros elementos, pois muito das vezes estão misturados entre si. Já a fé não, por isso ela difere de todos os demais. Para tratar deles precisamos coragem em tempos de religião mágica e supersticiosa. Contudo, façamos aqui apenas um apontamento inicial e quem sabe alguém não se aventura em escrever um bom livro a respeito.

Superstição está ligado a comportamentos compulsivos-neuróticos. Também não há como negar que está associado uma dose de ‘esforço’ de pensamento positivo e efeito placebo. Pular ondas do mar na passagem do ano, jogar sementes de romã para trás das costas três vezes, vestir amarelo ou branco com a intenção disso ou daquilo, são exemplos de comportamentos supersticiosos. Na concepção teológica cristã que aqui tratamos, isso não diz nada a respeito da fé. Pelo contrário a impede, já que a fé requer consciência e adesão a uma Pessoa e a um projeto, e claro, um chamamento anterior e em seguida uma entrega confiante sem saber do futuro.
Pensamen…

Prática religiosa e espiritualidade

Imagem
A Prática religiosa nem sempre vem associada com uma espiritualidade. Pode ocorrer que um fiel participe de sua crença apenas por tradição, por costume familiar ou mesmo por que trabalha em uma ‘paróquia’, em uma ‘igreja’. Não no sentido de ser uma comunidade que expressa uma vivência de fé, e sim por ‘exercer’ uma atividade sócio-comunitária no sentido de uma ONG. Organizam festas de padroeiros, quermesses, gincanas, auxiliam na catequese, contudo no fundo não se trata de um comportamento religioso, é somente ‘costume’.
Você pode estar pensado que falo bobagem. Não se engane. Grande parte dos cristãos não sabe quase nada de sua fé. Aqui não se trata de generalização, mas de constatação. Basta uma pergunta, por exemplo, o que a adesão a Cristo implica em sua vida? Ou, o que a meditação da palavra, o estudo dos documentos da igreja, nos leva a assumir? E mesmo antes de um simples comportamento ético e moral: qual sua intimidade com Deus? Aqui não se trata de possuir um conhecimento inte…

Pastoral e Teologia do “mimimi”: sentimentalismo tóxico

Imagem
Pastoral é a atividade do cotidiano de uma comunidade cristã visando a implantação do Reino de Deus. É a partir da luta e consolidação de uma comunidade que que ela vai se dando. Refere a um caminhar que, como o pastoreio das ovelhas, todas as vezes o ‘pastor’ realiza o ‘mesmo’ trabalho, dia após dia. Pode-se dizer que é um movimento constante e este pastoreio está aberto, vai ao mundo e deixa o mundo colocar seus desafios. Neste ponto a comparação com o ‘rebanho de ovelhas’ finda, pois não se trata só de um redil. É agora das verdes pastagens aberta a todo o povo.
Dessa realidade, que sem dúvida é desafiante, nasce um falar de Deus. É a teologia que tenta a partir da experiência de toda uma tradição e, indagada pela realidade, procura dar respostas. A teologia então nasce no ‘caminhar’, ‘no pastoreio’, ‘no meio das ovelhas’. Por isso ela sempre é um desafio e uma construção. Enquanto o povo de Deus caminha ‘uma coluna de fogo vai a sua frente’, porém, é sinal para a grande travessia.…

Análise da concepção de milagre a partir do caso da Tailândia

Imagem
O incidente na Tailândia no mês de julho de 2018 comoveu o mundo inteiro. Várias equipes de resgate foram envolvidas. Um grupo de garotos e seu técnico ficaram presos nas cavernas logo após serem inundadas com água das chuvas. Depois de vários dias as crianças foram sendo resgatada uma de cada vez. No processo de organizar a retirada deles um dos mergulhadores, Saman Kunan, por falta de oxigênio, morreu, quando tentava fazer a travessia até onde eles estavam. Ao fim dos trabalhos, todas as crianças foram salvas como também o técnico. Começou a se falar em ‘milagre’ devido às dificuldades do resgate e o tempo (18 dias), e que tudo isso somente poderia ser ação de Deus. Realmente, para aqueles que acreditam foi um milagre. Contudo, a maioria dos comentários que surgiram nas redes sociais e reportagens compreendeu milagre equivocadamente. Pelo menos naquilo que o cristianismo apresenta em sua mensagem original. Então, aqui se faz uma reflexão a partir da religião cristã.
Comecemos por algu…

Religiosidade e entretenimento

Imagem
O canal chamado “Porta dos Fundos” fez vários vídeos de comédia sobre como os padres e fieis participam das missas. Muitos Cristãos católicos reagem, dizendo que é uma falta de respeito o que eles fazem. Contudo, a origem das ironias parece ter uma fonte no próprio modo de celebrar hoje. As missas shows, os padres midiáticos de um lado, e as missas tradicionais de outro. O que se pode refletir sobre isso? Não dá para negar que muitas celebrações têm tomado ares de entretenimento, diversão para os fiéis. O que chamado de diversão? De forma semelhante a de um show de música, que tem a pretensão de fazer vibrar os espectadores, também as celebrações shows tem a pretensão de mobilizar a prateia em altos e baixos emocionais. Que vai da alegria do louvor exaltante ao choro das curas. Nos dois casos, como se estivesse em uma montanha russa de emoções, o objetivo é sentir-se vivo. Existem, entre católicos e evangélicos, líderes que abrem os braços, aponta o dedo – como se uma energia saísse de…

A Face do Mal

Imagem
A artimanha do mal é fazer dele um espetáculo. O que estamos chamado de ‘espetáculo’? Seria a cortina de fumaça lançada pelas concepções religiosas atuais que, inconscientemente ou não, escondem a verdadeira face do mal, não tocando nela nem se quer com o dedo. A multiplicação de cerimonias aonde acontece exorcismo – em grande parte apenas de cunho sugestivo e psicológico – se dá em variadas denominações cristãs (evangélicas e católicas). Uma de suas características é a espetacularização, teatralização, do rito de expulsar um mal que tomou ‘posse’ do fiel. Em alguns casos, existe até mesmo uma conversa com o demônio que está na pessoa. Em outros, mais comportadas, o demônio não fala, simplesmente joga o fiel no chão.
No comando desses cultos estão os líderes pentecostais e neopentecostais. Enquanto a primeira vertente expulsa o mal que impede o fiel de seguir e fazer a vontade de Deus, a segunda corrente, já interpreta a pobreza, por exemplo, como um espírito impuro. Tais cultos vêm ga…